Brotas: muito além da cidade dos esportes radicais

e788f9cd-05e4-4f5f-9270-176e79c784be

A maioria das pessoas conhece Brotas como a cidade dos esportes radicais, mas preciso que saibam que Brotas é muito, mas muito mais do que isso. Para começar, só a viagem até lá já é compensadora. Ao passar pelas rodovias Washington Luiz (SP-310) e Engenheiro Paulo Nilo Romano (SP-225), é possível apreciar belas paisagens, desenhadas por extensas plantações de eucalipto, cana e laranja. A única coisa chata são os pedágios. Até chegar à cidade, dependendo do ponto de partida – no meu caso Guarulhos – o motorista passa por pelo menos quatro pedágios e gasta em média R$ 70.

Hospedagem

De todas as vezes em que estive em Brotas, fiquei no mesmo lugar: no Brotas Eco Resort. Indico o local para todo mundo que me pergunta onde ficar. Fui a primeira vez por causa de uma promoção no Hotel Urbano e curti absurdamente. Mas aí você vai pensar: “Ah, mas é caro, porque é um resort”. Bem, aí vai depender da prioridade de cada um. Por lá eu acho que o preço é justo considerando o conforto e a possibilidade de escolher por pensão completa (café, almoço e janta). Além disso, o Brotas Eco Resort ocupa uma área bem grande e no espaço há opções de lazer para todos os gostos. Tem piscina com e sem toboágua, fazendinha, lago, quadras, academia, áreas verdes super aconchegantes decoradas com móveis de madeira e salão de jogos. Ou seja, se você quiser ir para lá e não fazer absolutamente nada, apenas descansar e comer, você pode.

Continue reading “Brotas: muito além da cidade dos esportes radicais”