Projeto “Pernas de Aluguel” possibilita que voluntários corram com deficientes

12208285_10208311051038319_122759029193553036_n

Assim como a corrida age positivamente na vida da maioria das pessoas que prática o esporte, algumas iniciativas são capazes de nos transformar. E não digo de uma transformação apenas física, mas de uma transformação geral: de visão, de valores e de atitudes.  Se você é da turma que sempre está em busca dessas transformações, vai gostar do projeto “pernas de aluguel”. Criado por Eduardo Godoy, o programa foi desenvolvido para que voluntários “emprestem” suas pernas e braços para pessoas com deficiência motora participem de provas de corrida de rua.

De acordo com texto publicado no site, o Pernas de Aluguel foi inspirado na dupla Dick e Rick Hoyt, conhecidos como Team Hoyt, eles são deficientes que tiveram suas vidas mudadas por seus pais que os levavam para correr. Para Eduardo Godoy, a diferença do Pernas de Aluguel é que a entidade dá oportunidade a cadeirantes que não têm a sorte de  ter pais corredores ou sem condições de ter uma cadeira (triciclo) para corrida.

Pernas de Aluguel - Eu na Correria
Crédito da foto: Crédito: www.daninobile.wordpress.com

Esse é um projeto sem fins lucrativos e quem tiver interesse em participar pode fazer a inscrição pelo site Pernas de Aluguel. O mínimo pedido no site é que o corredor tenha fôlego para completar 10 quilômetros. Não precisa de experiência e no dia da prova são formados grupos de corredores para fazer um revezamento de condutores, inclusive, há um “manual do condutor” no site que ensina a conduzir o triciclo e como deve ajudar quando não está conduzindo.

corrida-01

As crianças e adolescentes que participam do Pernas de Aluguel são assistidas pelas Associação Beneficente Comunidade de Amor Rainha da Paz, porém, qualquer cadeirante, independente da idade, que apresentar condições físicas suficientes e clinicamente comprovadas por um profissional para suportar provas de 10 a 42 quilômetros, pode participar do projeto.

<span class="genericon genericon-category"></span> <span class="genericon genericon-tag"></span>