Os primeiros 10 quilômetros a gente nunca esquece

FullSizeRenderNo dia 8 de dezembro de 2015 fiz minha primeira prova de 10 quilômetros e fiquei muito feliz. Primeiro porque foi na minha cidade, segundo porque não foi uma prova tão fácil assim, considerando que tem uma puta de uma ladeira (risos) e terceiro, por causa do meu tempo: 55 minutos e 48 segundos.

Antes de começar a correr os iniciais cinco quilômetros, não me imaginava participando de provas e fazendo distâncias maiores. Lembro que a primeira vez que corri de verdade, foi em um dia que um professor da academia reuniu um grupo para correr na rua. Era noite, o percurso – suponho – não tinha mais de 5 Km, e quando retornamos à academia, estava exausta. Mas muito, muito mesmo. Meu rosto deve ter ficado vermelho por quase uma hora. Nesse dia pensei: “Jesus, isso não é para mim”.

Depois disso, demorou um pouco até eu ter uma nova chance de correr. Minha segunda corrida foi com meu namorado, e ele, apaixonado por esporte, logo me puxou para fazer 5 quilômetros, porque menos que isso ele não faz nem a pau (risos). Essa segunda experiência foi bem mais tranquila, mas obviamente também fiquei cansada. Contudo, por querer acompanhá-lo em algumas de suas atividades, comecei a correr sempre, até que as corridas começaram a fluir melhor. Leio e escuto muitas histórias de corredores que eram sedentários e hoje correm ultramaratonas. Acho fantástico. E a bem da verdade, é que a corrida pode ser facilmente incorporada na vida de qualquer pessoa, basta querer e estar com a saúde apta para isso.

Hoje, quando olho para trás, me encho de orgulho de ter continuado a praticar um esporte tão completo e democrático.

<span class="genericon genericon-category"></span> <span class="genericon genericon-tag"></span>

One thought on “Os primeiros 10 quilômetros a gente nunca esquece

  1. Pingback: Correr acompanhado nos treinos pode trazer melhores resultados | Eu na correria

Comments are closed.